[ Home Page ] Perguntas Freqüentes

 

Foro de Discusión

Proyecto

"LSS GLobal"


Descrição da Atualização

Download Instalação completo

Download Atualização (para usuários versão 5.1) .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.: English          .: Français      .: Español

 


O que é SUMA?

O projeto Sistema de Gerência de Provisões Humanitárias (SUMA), nasceu em 1992 através do esforço coletivo dos países da América Latina e do Caribe e com o auspício da Organização Pan-Americana de Saúde, Escritório Regional da Organização Mundial da Saúde e foi desenvolvido com o apoio financeiro do Governo da Holanda. SUMA tem como objetivo principal melhorar a administração da ajuda humanitária, fortalecendo a capacidade nacional para a gerência efetiva das provisões e com isto lograr que as mesmas cheguem de maneira adequada e oportuna à população mais afetada.Além disso, SUMA é um instrumento para melhorar a transparência e o ajuste de contas na recepção e distribuição das provisões.


[
ACIMA]


Por que SUMA nasceu?

Quando acorre um desastre de grande magnitude, a solidariedade nacional e internacional se mobiliza e, em questões de horas, começa a chegar ao país afetado uma grande quantidade de doações pelas mais diferentes vias. Muitas dessas provisões, mais ainda quando não foram solicitados, não são apropriados ou urgentes para atender as necessidades provocadas pela emergência e, ao contrário, complica a capacidade local de recepção, armazenagem, classificação e distribuição das mesmas consumindo tempo e recursos escassos do país afetado.


[
ACIMA]


Para que serve SUMA?

SUMA ajuda a administrar as provisões que chegam e classifica-las desde seu ponto de entrada, com o objetivo de estabelecer prioridades na distribuição das mesmas e de acordo as necessidades da população afetada. Mediante este sistema é possível dispor de informações sobre o fluxo das doações, o tipo e características das provisões. Isto permite preparar informes para os doadores, as autoridades nacionais, as agências humanitárias e a imprensa sobre provisões recebidas e entregues às áreas afetadas, o que é importante para garantir a eficiência e transparência na gestão das provisões humanitárias. 

A aplicação da metodologia SUMA se faz mediante um enfoque integral que inclui pessoal local capacitado, materiais desenhados para a operação de emergência e uma ferramenta eletrônica flexível e fácil de usar. 


[
ACIMA]


Como SUMA trabalha?

O sistema está formatado em três níveis:

  •  SUMA CENTRAL

  •  SUMA Unidade de Campo

  •  

     Módulo de Gerência de Armazém

SUMA CENTRAL está desenhado para operar do lugar onde as autoridades nacionais estão administrando o desastre ou a emergência. 

Neste nível as principais tarefas são:

  • Definição dos parâmetros que devem utilizar as Unidades de Campo, tais como: lugares de recepção, direção de envios, definição do usuário principal etc.

  • Criação das Unidades de Campo

  • Incorporação das informações enviadas pelas Unidades de Campo (consolidação)

  • Suporte de consultas ou confecção de informes que sirvam de apoio ao processo de tomadas de decisões e promovam a coordenação interinstitucional.

  • Manutenção das tabelas (listagem) do programa.

A Unidade de Campo foi desenha para trabalhar nos pontos de entrada ou lugares de recepção, sejam eles fronteiras, porto marítimos ou fluviais e grande centros de coleta locais (nos quais chegam as provisões durante a emergência, tais como: aeroportos, pontos de reunião etc.)

As tarefas principais que são realizadas neste nível são:

Separação e identificação mediante etiquetas das provisões nas categorias de:

  • URGENTE-DISTRIBUIÇÃO INMEDIATE. Em cor vermelha

  • DISTRIBUIÇÃO NÃO URGENTE. Em c<SPAN or AZUL.

  • ARTIGOS NÃO PRIORITÁRIOS. <SPAN Em cor PRETA.

     

  • Classificação das provisões em categorias, subcategorias e itens.

  • Consultas seletivas sobre os itens.

  • Redação de informes sobre os envios registrados nessa unidade de campo.

  • Elaboração de recibos de entrega para o destinatário.

  • Consolidação do dados em disquete para serem remetidos à SUMA CENTRAL.

A Unidade de Campo utiliza formulários manuais, no caso de que falhem os computadores ou se a necessidade de recolhimento de dados seja necessária assim. 

O módulo GERÊNCIA DE ARMAZÉM é uma ferramenta que registra a entrada e saída das provisões, entre outras coisas, nos centros de armazenamento ou depósitos. Estes depósitos recebem as provisões e a informação em disquete das Unidades de Campo e/ou do nível SUMA CENTRAL. Isto permite que as instituições coordenem internamente a gerência das provisões ou em coordenação com outras entidades que trabalhem na emergência como, por exemplo, a designação de um carregamento de medicamentos da Cruz Vermelha ao Ministério da Saúde.

As principais tarefas que são desenvolvidas neste nível são:

  • Balanço do inventário local.

  • Elaboração de informes de existência e entregas por diversos parâmetros.

  • Acompanhamento dos inventários de outros armazéns subordinados.


[
ACIMA]


O que é necessário para instalar SUMA?

Os requerimentos técnicos mínimos para instalar a ferramenta eletrônica de SUMA são (para Windows 95 ou superior):

  • Processador: 486 ou superior

  • RAM: 16 Mb minimo

  • Mouse

  • Versão sistema operativo: Windows 3x, Windows 95 / 98 ou superior.

  • Espaço livre no disco duro: 20 MB.

  • Impressora: qualquer tipo

  • Unidade de disquete flexível: 3.5 plugadas 1.44Mb

  • CD ROM: preferido para processo de instalação


[
ACIMA]


Como se organiza e quem opera SUMA quando acontece um desastre?

O processo é iniciado com a capacitação do pessoal local nos países, sobre como organizar a gerência das provisões numa emergência e o uso da ferramenta eletrônica (o software) para sua classificação, controle e designação de prioridades.  Quando sucede um desastre, o pessoal que foi formado está capacitado para instalar e começar a operar o sistema, nos diferentes pontos de gerência das provisões. Em eventos de grande magnitude ou em países onde SUMA não foi organizada, uma equipe internacional de expertos de SUMA poderia apoiar o trabalho, sempre com a idéia de dar formação ao pessoal local que será encarregado da gerência do sistema de maneira auto-suficiente e no menor tempo possível.


[
ACIMA]


Para quem está dirigida a capacitação do uso do sistema?

O pessoal dos organismos nacionais e governamentais responsáveis pela coordenação das emergências nos países, assim como, as organizações públicas e privadas, não governamentais e outras que participem ou tenham algum vínculo com os diferentes aspectos de atenção das tais emergências. Também estão incluídos membros da comunidade internacional como, agências das Nações Unidas e agências bilaterais. 

É importante levar em conta, dentro do possível, as seguintes instituições:

·        Defesa Civil/Comissões ou Comitês Nacionais de Emergência

·        Ministério/Secretaria de Saúde

·        Segurança Nacional

·        Polícia Civil e Militar

·        Sociedade da Cruz Vermelha

·        Serviço de Alfândega       

·        Relações Exteriores

·        Autoridades nacionais, estaduais e locais

·        ONGs de grande destaque como, CARE, Visão Mundial, CARITAS etc.       

·        Agências das Nações Unidas como, por exemplo, PMA 

Os participantes dos cursos serão selecionados pela instituição nacional que organiza o evento. A seleção é um fator muito importante para o êxito do curso, já que uma boa seleção de pessoas garante um bom nível de gente capacitada e que estas pessoas estejam disponíveis e comprometidas no momento de uma emergência. 

Os participantes dos dois cursos não precisam ser necessariamente os mesmos. O curso SMS é para aquele funcionário que vai operar os computadores no momento do desastre. Para tanto, é muito importante que participem os chefes/encarregados de computar as diferentes instituições participantes. Para o curso MISE são requeridas aquelas pessoas que tomam decisões logísticas em operações, que são administradores do desastre, os chefes de armazém ou depósito, pessoas que tenham responsabilidades gerenciais na direção logística da organização. 

Em ambos os casos, os participantes devem tem experiência no tema.

 


[
ACIMA]


O que é necessário para receber a capacitação?

A promoção e capacitação de SUMA é realizada mediante os organismos dos países relacionados com o tema, tais como, os Ministérios de Saúde, Comitês de Emergência, a Cruz Vermelha etc. Qualquer instituição interessada em receber apoio em capacitação deve contatar primeiramente o escritório de administração de desastre do Ministério da Saúde, mais também pode ser feito com a Representação da OPS/OMS de seu país. O projeto tem um interesse especial na participação de organismos não governamentais.


[
ACIMA]


A quem pertence a informação compilada por SUMA?

SUMA permite agilizar a informação para a tomada de decisões e, toda a informação ingressada e processada mediante o sistema é propriedade do país afetado por meio das autoridades responsáveis pela administração da emergência.


[
ACIMA]


SUMA já foi utilizada em alguma emergência?

Algumas das principais emergências em que SUMA  foi utilizada nos últimos anos são: 

  • Furacão Louis, Ilhas do Caribe (1995)

  • Furacão Cesar, América Central (1996)

  • Terremoto de Nazca, Peru (1997)

  • El Niño (ENOS), Peru e Equador (1998)

  • Terremoto de Aiquile-Totora, Bolívia (1998)

  • Inundações em Chiapas, México (1998)

  • Furacão George, República Dominicana (1998)

  • Furacão Mitch, América Central (1998)

  • Terremoto de Armênia, Colômbia (1999)

  • Emergência complexa, Timor Leste (1999)

  • Inundações, Venezuela (1999/2000)

  • Erupções vulcânicas, Equador.. (1999/2000)

  • Terremotos, El Salvador (2001)


[
ACIMA]


Que versão de SUMA é usada
atualmente?

Desde seu início SUMA vem evoluindo em diferentes versões na busca constante de satisfazer cada vez mais as necessidades expressadas pelos usuários, que tem posto a ferramenta à prova em diferentes situações  de desastre em seus países. A versão atual é a nova versão 5.2 para Windows (95 ou superior, compatível com windows 2000, NT, ME e XP), que foi apresentada oficialmente em agosto de 2002. Mesmo assim, a versão 5.1 em MS-DOS ainda está disponível.


[
ACIMA]


Como é possível obter mais
informações?

Para obter informação adicional sobre SUMA, assim como, manuais, software, informes de operações, práticas etc. basta consultar outras seções de nossa página web, onde também se pode obter gratuitamente todos esses materiais em seu computador.

http://www.disaster-info.net/SUMA/

 

Agora SUMA também está disponível num CD ROM, que inclui

todos os componentes para aprender, ensinar e utilizar o sistema

(software, manuais, materiais de capacitação e materiais de

referência).

 

Para solicitar este disco e outras informações comunique-se com

os seguintes escritórios:

 

PAHO/WHO EMERGENCY

PREPAREDNESS PROGRAM

525 23rd Street, NW

Washington, D.C. 20037-2895

Phone: (202) 974-3520

Fax: (202) 775-4578

E-mail: disaster@paho.org / suma@paho.org

 

PAHO/WHO EMERGENCY

PREPAREDNESS PROGRAM

Subregional Office for South America

Av. Amazonas 2889 y La Granja, Edificio Naciones Unidas

Quito, Ecuador

Tel.: (593) 246-0274 / 246-02737

Fax : (593) 225-6174

E-mail: pedecu@ecu.ops-oms.org

 

PAHO/WHO EMERGENCY

PREPAREDNESS PROGRAM

Subregional Office for CENTRAL America

A.P. 3745-1000, San Jose, Costa Rica

Tel.: (506) 224-6395 / 224-6690 / 224-6941

Fax: (506) 224-7758

E-mail: pedcor@racsa.co.cr

 

PAHO/WHO EMERGENCY

PREPAREDNESS PROGRAM-

SUBREGIONAL OFFICE FOR The Caribbean

P.O. Box N 508

Bridgetown, Barbados W.I.

Tel.: (246) 426-3860

Fax: (246) 436-9779

E-mail: disaster@cpc.paho.org

 

FUNDESUMA

A.P. 114, Plaza Mayor 1225, Costa Rica

Tel.: (506) 296-2898 / 290-1217

Fax : (506) 291-0286

E-mail: funsuma@racsa.co.cr

Internet http://www.fundesuma.net


[
ACIMA]

 

 | A respeito do SUMA | Manuais & Software | Perguntas Freqüentes |

 Novidades | Treinamento | Boletim SUMA | Outros Sites | Contatar SUMA |

Galería de Fotografías Cursos de Capacitación.


Galería de Fotografías de Emergencias


Galería de Fotografías General de SUMA


Para ver actualmente las operaciones en las cuales se esta utilizando el software de SUMA Ver 5.2a

[Click aquí]


 

 

Organização Pan-Americana de Saúde OPS/OMS.Copyright  1998-2005. - Todos os direitos reservados